Pré-Textos Espaciais: Edificando Pracialidades.

Isabela Amaral DiMaio, Jessica Fernanda Costa Vaccari, Sérgio Antônio Santos Jr

Resumo


Este estudo verte-se sobre o centro da cidade de Jundiaí, onde o foco principal está no perímetro conhecido como polígono cultural, atualmente, encontra-se em degradação. A princípio, nossa proposta consiste na intervenção das praças, selecionando espécies ornamentais, tornando-as mutáveis. Subsequente, vislumbramos alguns terrenos vagos para construir um edifício fragmentado, mas que consubstanciam uma unidade de vizinhança, pela qualidade plástica. A orientação teórico-metodológica do projeto deriva da noção pós-estruturalista da filosofia e do movimento intervalar na arquitetura. O processo começa com diversos levantamentos da morfologia urbana e dos usos dos edifícios, desvendando, assim, a vocação dos lugares e novas propostas de usos. O resultado está em sintonia com a transitoriedade dos modos de vida cotidianos.

PALAVRAS-CHAVE: requalificação urbana, arquitetura intervalar, Jundiaí

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17271/2318847275420202261

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




 

ISSN Eletrônico: 2318-8472    Digital Object Identifier (DOI): 10.17271/23188472

Indexações:

                  


Metrics:

 

 Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-ShareAlike 4.0 International License.