Proposta de articulação intermunicipal para monitoramento das ações previstas no Plano Hidroambiental da bacia do rio Capibaribe-PE

Micaella Raíssa Falcão de Moura, Symone Maria Pancracio Falcão, Suzana Maria Gico Lima Montenegro

Resumo


A articulação entre municípios que integram a unidade de planejamento da bacia hidrográfica é de suma importância para uma gestão hídrica participativa e inclusiva. Em Pernambuco, o Plano Hidroambiental da bacia do rio Capibaribe é vanguardista no Estado, à medida que traça diagnósticos e delimita planos de investimentos para alcance da sua sustentabilidade, prevendo a participação de múltiplos atores, entre os quais encontram-se as prefeituras. Nesse contexto, este artigo objetivou desenhar uma proposta de articulação intermunicipal para otimizar o monitoramento das ações previstas no Plano Hidroambiental do Capibaribe. Para tal, foram utilizados os métodos de análise documental e observação participante, possibilitando ainda a identificação do Eixo que demanda maior atuação das prefeituras, o qual foi utilizado como base para concepção da proposta. Os resultados mostraram que a ausência de articulação contribui para um monitoramento menos eficaz, que pode ser aperfeiçoado por meio de um sistema integrador que permita também a troca de experiências entre os gestores no âmbito da bacia.
PALAVRAS-CHAVE: Gestão hídrica. Plano Hidroambiental. Articulação municipal.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17271/2318847275420202254

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




 

ISSN Eletrônico: 2318-8472    Digital Object Identifier (DOI): 10.17271/23188472

Indexações:

           

     


Metrics:

 

 Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-ShareAlike 4.0 International License.