Participantes > Apresentadores > Submissão de EVANDRO ROBERTO TAGLIAFERRO

Submissão de EVANDRO ROBERTO TAGLIAFERRO

1ª Submissão

Gerenciamento de Resíduos Sólidos Domiciliares em São José do Rio Preto – Estudo de Caso

Prof. Dr. Evandro Roberto Tagliaferro

O gerenciamento adequado dos resíduos sólidos gerados pelas atividades humanas mostra-se, há tempos, um dos maiores problemas da atualidade. São José do Rio Preto, com uma população estimada de 416.610 habitantes (SEADE, 2013), situação geográfica privilegiada, economia diversificada e excelentes indicadores sociais, econômicos e ambientais, tem abordado a questão de forma diferenciada da grande maioria das cidades brasileiras. Seu sistema de gerenciamento dos resíduos sólidos domiciliares foi implantado e permanece em operação desde 1992 e é por vezes citado com destaque em publicações especializadas. Os métodos adotados, desde a logística de coleta dos resíduos, passando pelo sistema de tratamento, onde se realizam as operações de triagem dos materiais recicláveis (papéis, vidros, plásticos e metais), seu encaminhamento para as indústrias de reciclagem, a compostagem da matéria orgânica, destinada a recuperação do solo agrícola na forma de composto orgânico, a disposição final do rejeito desses processos, em aterro sanitário industrial classe II, e, ainda, o completo tratamento dos efluentes líquidos provenientes das plantas operacionais de tratamento, justifica o tema em estudo. Os índices de qualidade de empreendimentos dessa natureza, anualmente avaliados pelo órgão ambiental do Estado (CETESB) e outros índices similares reiteram a importância do tema. Assim, o presente artigo apresenta a análise de caso, realizada por meio da revisão de dados coletados na literatura científica especializada, do sistema de gerenciamento de resíduos sólidos domiciliares de São José do Rio Preto, demonstrando sua eficácia e posição entre os demais municípios brasileiros, contribuindo para uma visão realista e comprovada da situação.

Acessos no Site
999648
© 2003 Associação Amigos da Natureza da Alta Paulista - Todos os direitos reservados